Contabilidade para arquiteto

VOCÊ SABE QUAL A IMPORTÂNCIA DE UM CONTADOR PARA UMA EMPRESA DE ARQUITETURA E ENGENHARIA?

Contar com ajuda de profissionais especializados e qualificados para tomar conta de todos os trâmites contábeis e financeiros é fundamental para atingir o sucesso que você tanto deseja.

Afinal, se você está no ramo de arquitetura, pouco deve saber sobre assuntos de administração de empresas (e isso é totalmente normal!).

Por isso que é imprescindível apostar em quem entende mais profundamente desse assunto do que você. Da mesma maneira que o contador irá lhe procurar quando decidir fazer um projeto civil, não é mesmo?!

Deixar a sua empresa na mão de uma equipe profissionalizada evitará muitas dores de cabeça, além de uma gestão financeira MUITO mais eficiente para os seus negócios.

Abrir uma empresa ou continuar como autônomo?

Você ainda se pergunta se é melhor ter uma empresa ou virar autônomo? Nós também temos essa resposta.

Veja bem, trabalhar por conta própria pode parecer vantajoso, pois você fica isento de vários impostos.

Mas abrir uma empresa também te traz diversas vantagens.

Uma delas é o CNPJ, cadastro essencial para quem deseja ganhar credibilidade no mercado (independente do seu ramo de atuação).

Se você fatura menos que R$5.000,00 ao mês pode ser interessante se manter autônomo, caso contrário, tornar-se Pessoa Jurídica e adquirir o seu CNPJ talvez lhe seja mais vantajoso.

Ainda está com dúvidas?

De fato são muitos parâmetros para serem analisados antes de tomar essa decisão.

Quer uma solução?

Entre em contato com a equipe de contadores e profissionais financeiros para que seja possível avaliar o seu caso pontualmente.

Definindo as atividades de atuação da empresa e sua importância para melhor definição dos códigos de atividade

Você sabe o que é CNAE? É o Código Nacional de Atividades Econômicas e foi criado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Qualquer atividade possui um grupo específico no CNAE e é importantíssimo que você defina qual é o do seu ramo de atuação.

No caso da sua empresa de arquitetura, o seu grupo no CNAE será o 71 – SERVIÇOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA. Mas qual o propósito dessa classificação?

Dessa forma o governo consegue controlar e analisar como está desenvolvendo o mercado e como as novas empresas estão se comportando.

Também facilita o gerenciamento de direitos e deveres para todas as áreas de atividades.

Se você estiver sob a gerência de uma boa equipe de contabilidade, ela saberá aproveitar todos os benefícios disponíveis como uma empresa de Arquitetura.

Escolhendo a Natureza Jurídica: Empresário Individual, EIRELI ou Sociedade Limitada

  • Empresário Individual

Apenas um empresário representando a empresa como pessoa física. O MEI (Microempreendedor Individual) é uma categoria de Empresário Individual e se mostra vantajosa em muitos casos.

  • EIRELI (Empresário Individual de Responsabilidade Limitada)

Também é um único empresário, mas como o próprio nome diz, suas responsabilidades são limitadas. O que isso quer dizer? O patrimônio pessoal do titular não responde às dividas da empresa.

  • Sociedade Limitada (ltda.)

Aqui, a empresa é fundada por dois ou mais sócios, cada qual com sua alíquota participante.

Qual é a melhor oportunidade para a sua empresa de arquitetura? Essa resposta não é simples e, mais uma vez, é preciso avaliar pontualmente as suas finanças. Que tal contar com um contador para empresa de arquitetura?

Definição de melhor tributação: Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real

O Simples Nacional é a forma tributação mais simples, onde os microempresários recolhem seus impostos por meio de uma guia única de pagamento.

Já o Lucro presumido é calculado através da Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL) e do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) sem que seja necessário calcular as despesas da empresa.

O Lucro Real é obrigatório em determinados casos e os tributos são calculados através do lucro líquido.

Mas, afinal, qual dessas opções é mais viável?

Para responder essa questão você precisa analisar:

  • Sua atividade em específico para verificar se cabe a ela o Simples Nacional
  • A alíquota de tributos sob a sua atividade
  • O INSS sob a folha de pagamento
  • Suas obrigações

Registrar seu negócio junto a CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) e CREA

Desde 28/09/2008, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo passou a emitir os registros profissionais das empresas, ou seja, das pessoas jurídicas, com uma nova forma de identificação.

Antigamente eram usados apenas números.

Hoje será acrescida a sigla “PJ” na identificação.

A alteração cumpre a Resolução CAU/BR 13/2012 que pode ser acessada clicando aqui. O seu registro será feito através do Serviço de Comunicação e Informação do CAU – SICCAU e será necessário:

  • Solicitação datada e assinada pelo sócio administrador da empresa
  • Declaração datada e assinada com os dados de todos os sócios da empresa Ato constitutivo ou documento equivalente
  • Documento de identificação com a foto e a assinatura de todos os sócios
  • Comprovante de inscrição no CNPJ
  • Registro de Responsabilidade Técnica de Cargo do arquiteto indicado como responsável técnico
  • Comprovação de vínculo deste responsável com a pessoa jurídica

A importância da contabilidade especializada para participação em licitações

Uma boa equipe de contador para empresa de arquitetura e serviços contábeis também é fundamental para fechar bons contratos de licitações.

Afinal, apenas profissionais especializados sabem quais são as entrelinhas de todos esses trâmites.

Além do mais, o contador para empresa de arquitetura proporciona mais segurança em todas as transações da sua empresa de arquitetura.

O papel do contador na gestão financeira do escritório de arquitetura

Você já pôde perceber que tomar conta das finanças da sua empresa não é uma tarefa fácil, não é mesmo?

Por isso que uma equipe de contador para empresa de arquitetura é tão importante.

São diversos tributos, impostos, contas a declarar e mais n responsabilidades.

Há vários sistemas tributários, várias particularidades que mudam de acordo com a sua atividade e coisas do gênero.

Concentre-se nas suas atividades na área de arquitetura e deixe as finanças com os contadores!

Dessa maneira você estará assegurado que a sua gestão de finanças e contabilidade estará em boas mãos e a empresa estará sendo bem cuidada. Não deixe de contar com o contador para empresa de arquitetura.